terça-feira, 20 de dezembro de 2011

11 motivos para casar com um historiador ou uma historiadora

1. Nunca vai faltar assunto.
Historiador sempre tem uma história pra contar, é legal quando você tem um “figura” do seu lado que tem a cabeça ampla pra as mais diferentes conversas, assuntos, papos, e uma opinião formada mesmo daquilo, ele nunca terá problemas em ser “social” mesmo que seja tímido, tem papo pra tudo.

O único problema é quando o historiador contrariar sua família toda naquele almoço de domingo dizendo que tudo que todo mundo disse tá absolutamente errado e estragar o almoço err…

2. Ele dificilmente irá julgar sua família, amigos, etc…
Estudamos todo tipo de civilizações e forma de viver dos seres humanos, então é mais fácil a gente se surpreender com eventos naturais óbvios do que com os “complexos” seres humanos, pra estudar todo tipo de forma de vida de um ser humano é necessário tentar compreender aquele estilo de vida.
Também jamais irá julgar você pela aparência, ainda mais se ele for fã da teoria da sociedade da imagem.
Então, por consequência quebramos preconceitos, se você namora um historiador fica tranquilo quanto a aquele primo anti-cristo, aquele amigo esquisito, normalmente nunca será julgado, agora quanto a parte de tirar sarro, er não garanto.

3. Todo tipo de regra imposta o historiador normalmente não dá a mínima.
Então se sua preocupação era quanto a onde vai ser o casamento, se você foi “crismada” ou não, que seja, pro historiador é o de menos, ele se importa com tudo menos com os esteriótipos, isso se ele não tiver uma alergia a catolicismo, então naturalmente o importante é que a união dê certo, então ele fará de tudo para que a união mesmo dê certo e dificilmente irá se importar com o preconceito do povo.

4. Se você acredita em outras vidas, o historiador já está pagando sua dívida.
Porque provavelmente ele é professor, então todos os atos ruins da vida passada provavelmente ele já está resgatando como uma boa pessoa.

5. Você será trocado, mas fique tranquilo.
Será no máximo por um livro do Karl Marx ou do Max Weber.

6. No natal, aniversário, dia dos namorados, etc, você não terá problemas em presenteá-lo.
Você sabe que se você der aquele livro que ele tava querendo DAQUELE AUTOR que ele adora provavelmente ele vai ter orgasmos múltiplos de felicidade.
Ou então dê uma estatuazinha do deus Osíris, ou de Afrodite, qualquer coisa relacionada a mitologia que vai ter um ar de “uma pessoa que ama história mora por aqui” também é legal.

7. Ele tem pose de nerd mas isso não quer dizer que seja um.
E principalmente não quer dizer que ele seja certinho, quanto mais se estuda a humanidade menos afim de ser correto nos padrões da sociedade você fica, ele pode ser um capeta, mas tem aquela cara de pessoa certinha e esforçada, o que te poupa explicações, e ele sabe muito bem o que é ridículo pra sociedade e vai te poupar de certas vergonhas alheias.

8. Até os programas de índio vão ser interessantes pra ele.
Nada mais legal do que sentir na pele o que é ser uma sociedade livre do estado, sem regras, sem leis, sem naaada.

09. Não sabe em quem votar na eleição, pede um palpite pra ele!
Só não espere que ele vá sugerir que você vote em partido de direita, aliás se você votar em partido de direita será um motivo pra união ser questionada.

10. Ele pode parecer revoltado, anarquista, socialista, mas no fundo ele só quer o bem de todos.
Então você jamais estará do lado de uma pessoa individualista, pois como estudante de humanas ele sempre pensará no todo e não somente nele mesmo.

11. Quanto mais você estuda, mais medo de falar bobagem você tem.
Então pode contar com ele na hora de jogar na roda aquele assunto difícil, aquela lavação de roupa suja, normalmente ele vai ser bem cauteloso com as palavras, a não ser que você tenha testado demais o santo dele, ai eu já não garanto afinal, fazer história não é como fazer letras não é minha gente?

link: Fonte: http://miocitos.wordpress.com/2011/12/16/12-motivos-para-casar-com-um-historiador/

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Fotos de cinemas antigos da cidade de Fortaleza

Cine Majestic, 1918

                                                                  Cine Majestic, 1939

                                                         Cine São Luiz em construção, 1940
                                               
                                                                   Cine São Luiz, 1957

Clique na foto para ampliar.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Jânio e Jango: os mitos e o golpe

O leitor que não pôde estar presente no Bilioteca Fazendo História deste mês - o último do ano! - poderá agora ouvir todo o debate no  Podcast BFH. Quem preferir, também tem a opção de baixar o arquivo para ouvir no celular ou quaisquer dispositivos eletrônicos que toquem MP3.


Abaixo a matéria sobre a palestra com o historiador e escritor Jorge Ferreira, autor da biografia “João Goulart, uma biografia”. Por motivo de saúde, a professora Lucilia Delgado não pôde comparecer ao evento. Ao lado de Ferreira esteve o historiador Bruno Garcia, mediador do BFH e pesquisador da Revista de História da Biblioteca Nacional.

http://www.revistadehistoria.com.br/secao/reportagem/janio-e-jango-os-mitos-e-o-golpe

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Revista de informações científicas

O site Redalyc é um sistema de informações científicas, nele podemos encontrar artigos publicados na área do saber médico e científico de várias partes do mundo.

Endereço: http://translate.google.com/translate?client=tmpg&hl=en&langpair=es%7Cpt&twu=1&u=http://redalyc.uaemex.mx/

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

120 títulos acadêmicos em formato digital para download gratuito

A UNESPE através da Cultura Acadêmica está disponibilizando 120 títulos acadêmicos em formato digital para download gratuito. Os livros estão divididos em 23 áreas do conhecimento e são voltados para estudantes de graduação e pós-graduação que precisam de material de apoio para desenvolver projetos acadêmicos.

Link: http://noticias.universia.com.br/destaque/especial/2011/09/27/871674/120-livros-academicos-download-gratuito.html

Roteiro para pesquisa nos EUA

O professor Francisco Rogido elaborou um guia para pesquisa nos Estados Unidos, facilitando assim a vida dos pesquisadores nesse país, lá podemos encontrar o endereço das instituições e o seu acervo.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Plantas da cidade de Fortaleza












As plantas das cidades são fontes de grande importância para os historiadores, a partir delas podemos extrair informações espaciais importantes sobre a localização dos sujeitos, a disposição dos grupos sociais ou a divisão topográfica. Seguem algumas da cidade de Fortaleza.


Descrição dos mapas:

1 - Planta de Fortaleza de 1856

2 - Planta elaborada por Hebster

3 - Planta da capital do Ceará de 1859

4 - Planta dos suburbios de Fortaleza(1875)

5 - Planta dos abarracamentos e distritos de Fortaleza(1877-1888)

Fonte: doadas por Cícera Barbosa

domingo, 25 de setembro de 2011

Fotos dos abolicionistas do Ceará






Para ampliar a foto basta clicar na imagem.
Fonte: Arquivo Nirez




O blog Historiadora comemora hoje 10.000 visitas, quero agradecer o carinho e a colaboração de todos que já passaram por aqui e dos seguidores deste blog....meu muito OBRIGADA!!!!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

I Concurso Internacional de Teses sobre o Brasil e a América Latina


Associação Latino-americana de Sociologia – ALAS e a Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais – FLACSO, Brasil lançam seu primeiro Edital do Concurso bienal de Teses de Doutorado sobre o Brasil e a América Latina, com apoio da Rede de Programas de Pós-graduação do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais – CLACSO.



PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 1 de setembro de 2011 a 15 de fevereiro de 2012



sábado, 17 de setembro de 2011


Basta clicar na imagem para ampliar.

Fonte: Revista História Viva


Futebol Cearense - história e fotos









Um pouco da história do futebol cearense:



Orion Futebol Clube - foi fundado em 01 de junho de 1929 a partir da dissidência de jogadores do então tri-campeão, Fortaleza EC, e liderados pelos irmãos Machado (Moacir, Jandir, Juraci e Caranã). Orion é o nome de uma constelação equatorial formada de estrelas brilhantes, três das quais as conhecidas "Três Marias".



Ceará Sport Club - ideia de fundar o Ceará Sporting Club veio no dia 2 de junho de 1914, pelos jovens Luís Esteves Júnior e Pedro Freire, durante um encontro à tarde no Café Art Noveau, que funcionava na Praça do Ferreira. Neste encontro, eles resolveram convidar mais alguns amigos para discutirem a idéia e se reunirem à noite, na residência de Luís Esteves - localizada na Rua Tristão Gonçalves.



Fortaleza Esporte Clube - Alcides de Castro Santos. Primeiramente, ele fundou em 1912 um clube também chamado Fortaleza, que posteriormente veio a ter suas atividades encerradas. A seguir, participou da fundação do Stella Foot-Ball Club, em 1915 (Stella era o nome de um colégio suíço onde estudavam os filhos de alguns nobres representantes da alta sociedade de Fortaleza). Este clube teve estreita ligação com o Fortaleza Esporte Clube (FEC), principalmente pela presença de Alcides Santos na formação dos dois, tendo o Fortaleza sido fundado em 18/10/1918. Como grande desportista que era, também estimulou e participou da fundação de Riachuelo, Tabajara e Maranguape, todos antes de 1918. Esteve ligado ao Fortaleza EC em seus primeiros 20 anos de história.




fontes: Sobre a história dos times nos sites oficiais dos clubes e as fotografias do arquivo Nirez.

O Quebra-Quebra de 42

















































No dia 18 de agosto de 1942 durante o Estado Novo na presidência de Getúlio Vargas, a cidade de Fortaleza foi palco de um acontecimento peculiar, o chamado quebra-quebra de 42, o motivo do movimento foi o bombardeamento de seis navios brasileiros por submarinos alemães durante a Segunda Guerra Mundial. A população, inconformada com tamanha afronta dos alemães, toma suas próprias providências e sai às ruas para quebrar todos os estabelecimentos comerciais que tivessem alguma ligação com os países que passara a considerar inimigos, no caso aqueles que formavam o eixo: Alemanha, Japão e Itália. Durante o quebra-quebra Thomaz Pompeu Gomes de Matos registrou os acontecimentos e fez várias fotografias do movimento popular.




*fotografias: arquivo do Nirez.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Entrevista com Boris Fausto



A entrevista realizada pela FGV-CPDOC com o historiador Boris Fausto poder ser vista na integra no site: http://cpdoc.fgv.br/revolucao1930/ecos

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Enciclopédia Itaú Cultural



No site Enciclopédia Itaú Cultural o pesquisador pode obter informações sobre a vida de artistas brasileiros ou estrangeiros que tenham trabalhado no Brasil e uma amostragem de sua obra. O verbete traz biografia resumida, comentário crítico, cronologia, exposições, textos críticos e fontes consultadas. Conhecer os eventos, obras, movimentos e grupos que marcam a história da arte brasileira. E também conseguir informações sobre escolas, museus e outras instituições de destaque no processo de criação, ensino, divulgação e preservação da memória artística nacional.





Programa Cultura e Pensamento





O Programa Cultura e Pensamento é um projeto do Ministério da Cultura que tem como objetivo incentivar o debate crítico. O seu propósito é fortalecer espaços públicos de reflexão e diálogo em torno de temas relevantes da agenda cultural contemporânea. Em seu portal o Programa Cultura e Pensamento disponibiliza informações sobre e para os debates na forma de textos, vídeos e notícias. É dentro deste espaço que o Ministério da Cultura almejava disponibilizar uma coleção histórica de revistas culturais, com acesso universal e gratuito ao seu conteúdo. Para colaborar com este objetivo do Programa Cultura e Pensamento, a Brasiliana USP estabeleceu uma parceria para a formação de um Acervo Digital das Revistas Culturais Brasileiras no nosso site. O usuário poderá pesquisar este Acervo diretamente na Brasiliana Digital ou a partir do buscador no site do Programa Cultura e Pensamento.


quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Acervo Setop

O acervo da Secretária de Estado e de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais contém textos, plantas e fotos referentes as obras públicas, como hospitais, estradas, escolas, monumentos, entre outros, no período de 1950 a 1995. São aproximadamente 280 mil textuais, 3 mil fotografias e cerca de 20 mil unidades cartográficas, incluindo plantas e mapas.

Site: http://www.acervosetop.mg.gov.br/setop/

sábado, 30 de julho de 2011

Dica: leiam a matéria abaixo primeiro e depois assistam ao vídeo -The Cremation of Care - Enhanced Footage

Vocês conhecem o Bohemian Grove?


Estava assistindo ao programa Decifrando Códigos do canal History e passou um episódio que me chamou bastante atenção sobre uma sociedade secreta chamada Bohemian Grove nos EUA e que reune os homens mais poderosos do mundo, a cada ano eles se encontram para adorar uma coruja gigante na floresta, se vestir de mulher em peças de teatro e fazer uma fogueira para esquecer seus problemas...estranho né!

Vamos entender melhor essa história. O Bohemian Grove é um acampamento de 2.700 acres localizado em Bohemian Avenue 20.601 em Monte Rio na Califórnia, pertencente a um clube privado de homens sediado em São Francisco conhecido como Bohemian Club. Em meados de Julho de cada ano, o acampamento Bohemian Grove hospeda por três semanas alguns dos homens mais poderosos do mundo (inclui muitos artistas, em particular músicos, bem como muitos líderes de negócios, oficiais de governos, inclusive alguns ex presidentes dos EUA). Essa Sociedade existe desde 1899 e como uma medida da exclusividade do clube, o sócio é informado que a lista de espera é de 15 para 20 anos, embora a curto prazo, o processo de sócio de três anos seja possível. Uma taxa de iniciação de 25000 dólares é cobrada, além da taxa de sócio anual.

Desde a fundação do clube, o mascote do Bohemian Grove é uma coruja que simboliza o conhecimento (uma estátua de 12 m, oca feito de concreto sobre o aço à cabeceira do lago no Bosque) ela funciona como um Santuário para a cerimônia "Cremation of Care" (“Cremação anual do Cuidado”) onde eles simbolicamente queimam seus problemas e os do mundo. O santo patrono do Clube é João Nepomuceno que segundo a lenda diz que preferiu a morte sofrida nas mãos de um monarca Boêmio, a revelar os segredos confessionais da rainha. Existe no local uma grande estátua do santo em mantos clericais com o seu índicador a tocar por cima dos seus lábios, simbolizando o segredo guardado pelos visitantes do Bohemian Grove e da sua longa história.

O programa Decifrando Códigos tentou invadir o local mais não obteve êxito, porém conversaram com três pesquisadores: uma mulher que mora vizinho ao local (que guardou uma série de documentos desde 1985 sobre a programação do evento e os cartazes) e dois historiadores que fizeram uma tese de doutorado sobre o Bohemian Grove. Segundo eles muitas decisões políticas importantes são decididas nesses encontros . Em especial um famoso Projeto de Manhattan que planejou uma reunião que se realizou em Setembro de 1942, que posteriormente levou à bomba atômica. Os que assistem a esta reunião, à parte de Ernest Lawrence e funcionários militares, incluíram o presidente de Harvard e representantes do “Standard Oil” e “General Electric”. Os Bohemian Grove têm um determinado orgulho neste evento e muitas vezes contam a história aos novos sócios.

O local é bastante vigiado e a entrada é proibida, somente um homem, um jornalista de rádio, conseguiu burlar a segurança e se misturou aos demais durante um ritual de cremação, as gravações dessa noite vocês podem assistir na postagem acima.

Tirando todas as ideias de conspirações secretas que são bastante clichês no que diz respeito a esses grupos, não podemos deixar de admitir que é uma sociedade bastante intrigante e merece nossa atenção.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Acervo Histórico do Exército

O arquivo histórico do exército (AHex) está localizado no Palácio Duque de Caxias no Rio de Janeiro, parte do seu acervo encontra-se disponível no site do arquivo onde é possível realizar pesquisa por temas e imagens.

Endereço virtual: www.ahex.ensino.eb.br

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Artistas afro-brasileiros





















Arthur Timótheo da Costa
(Rio de Janeiro RJ 1882-idem 1922). Pintor, desenhista, cenógrafo e entalhador. Inicia seus estudos na Casa da Moeda, onde freqüenta o curso de desenho e toma contato com o processo de gravação de imagens acompanhando a impressão de moedas e selos. Incentivado pelo diretor da instituição, Enes de Souza, matricula-se juntamente com seu irmão João Timótheo da Costa (1879-1930) em 1894, na Escola Nacional de Belas Artes-Enba e frequenta as aulas ministradas por Bérard (1846-1910), Zeferino da Costa (1840-1915), Rodolfo Amoedo (1857-1941) e Henrique Bernardelli (1858-1936). Entre os anos de 1895 e 1900 aprende informalmente as técnicas de cenografia com o italiano Oreste Coliva. Participa de diversas edições da Exposição Geral de Belas Artes, onde, no ano de 1907, recebe o prêmio de viagem ao exterior. No ano seguinte embarca para Paris, onde permanece por aproximadamente dois anos. Em 1911, viaja para a Itália como integrante do grupo de artistas escolhidos para executar as decorações do Pavilhão Brasileiro na Exposição Internacional de Turim. Em 1919, funda com um grupo de artistas a Sociedade Brasileira de Belas Artes na cidade do Rio de Janeiro, e como membro desta agremiação propõe no ano seguinte, a livre participação dos artistas filiados à sociedade nas Exposições Gerais de de Belas Artes. Neste mesmo ano, executa, com seu irmão João Timótheo da Costa (1879-1930) as decorações do Salão Nobre do Fluminense Futebol Clube. Participa pela última vez da Exposição Geral de Belas Artes noa no de 1921 e morre no ano seguinte como interno do Hospício dos Alienados da cidade do Rio de Janeiro.


Emmanuel Hector Zamor (Bahia 1840 - França 1917). Pintor e cenógrafo. Mulato, adotado pelos franceses Pierre Emmanuel Zamor e Rose Neveu, na paróquia de Nossa Senhora da Conceição da Praia, aprende música e desenho na Europa, por volta de 1845. Em meados de 1860, em Paris, freqüenta a Académie Julian, e trabalha como cenógrafo. Presume-se que nesta época tenha convivido com artistas como Cézanne, Renoir, Degas, Pissarro, Sisley e Monet. Vem para o Brasil em 1860, onde permanece por dois anos, morando em Salvador. Nesse período, em decorrência de um incêndio em sua residência, muitas de suas obras são perdidas. Retorna em definitivo para França em meados de 1862. Entre ca.1930 e ca.1940, em Paris, o marchand da Christy Antiquités-Objets d'Art arremata todos os 37 trabalhos disponíveis do artista, que posteriormente são expostas no Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand - Masp, São Paulo, em 1985.


Horácio Hora nascido em 17 de setembro de 1853, na cidade de Laranjeiras, Sergipe, e falecido em Paris, em 1º de março de 1890. Fez os primeiros estudos na terra natal e, em 1875, seguiu para Paris, subvencionado pelo Governo Imperial. Fez, em rápido tempo, progressos brilhantes, tendo sabido conquistar as relações de pessoas importantes, entre as quais, Justin Lequien, Cabanel, Michaud e a baronesa de Catumbi. Na Bahia, em 1884, fez uma exposição pública dos seus trabalhos, na qual obteve grande êxito. A Congregação da Academia de Belas-Artes daquela cidade lhe conferiu o diploma de membro correspondente e acadêmico de mérito. Voltando à Pátria, aqui deixou valiosa produção. Além de inúmeros retratos, em que era especialista, pintou, A Miséria e a Caridade, existente no Hospital da Misericórdia da Estância, em Sergipe, e a importantíssima tela Peri e Ceci.


Antônio Firmino Monteiro Nascido e falecido no Rio de Janeiro (RJ). Antônio Firmino Monteiro teve uma existência curta: nasceu no Rio de Janeiro em 1855 e faleceu na mesma cidade em 1888.Com infância atribulada, foi encadernador, caixeiro e tipógrafo antes de se dedicar à sua vocação artística.Na Academia Imperial de Belas-Artes,onde se matriculou tardiamente, foi aluno de Vitor Meireles, Agostinho José da Mota, Pádua de Castro e Zeferino da Costa.Possuía grande interesse pela leitura, e tal como Amoedo, muita curiosidade pelos problemas de técnica da pintura. Em abril de 1880 seguiu para a Europa com a ajuda do Imperador Pedro II; voltaria pouco depois para concorrer à cadeira de Paisagem da Academia, classificando-se em segundo lugar.Tornaria ainda duas vezes ao Velho Continente, em 1885 e 1887. Também passou curtíssima temporada em Salvador, como professor de Paisagem no Campo da Escola de Belas-Artes da Bahia, e de Perspectiva e Teoria da Sombra no Liceu de Artes e Ofícios da mesma cidade.Participou das Exposições Gerais de Belas Artes em 1884, 1885 e 1887, tendo recebido na primeira a Ordem da Rosa, por uma participação que incluía O Vidigal, Um Vendedor de Balas e Jornais, Fósforos!, Camões no seu Leito de Morte e Episódio da Retirada da Laguna.


quarta-feira, 15 de junho de 2011

Centro de Memória da Unicamp

O Centro de Memória da Unicamp contém documentos de diferentes gêneros (textuais, micrográficos, fonográficos e cartográficos) de grande interesse histórico, onde se encontram registros que possibilitam retraçar as transformações ocorridas no período da imigração em São Paulo, sobretudo na região de Campinas. Alguns links dão acesso a pesquisa on line, já outros informam os dados necessários para encontrar os fundos e coleções das fontes para verificar no local.

Site: http://www.centrodememoria.unicamp.br/arqhist/

domingo, 29 de maio de 2011

Revistas de História

Link de Revistas de História

Revistas da área de História com artigos disponibilizados na íntegra

Instituições de Pesquisa

Instituições de pesquisa na área de História

Indicações Culturais

Sites sobre cultura brasileira

Apoio ao Professor

Sites de apoio didático ao Professor

Fonte: site Brasil republicano

Brasil republicano

O objetivo do site é oferecer aos professores de História de nível médio das redes pública e privada de ensino ferramentas teóricas e metodológicas para desenvolverem suas atividades em sala de aula. Em sua primeira fase, o site dedica-se exclusivamente à experiência democrática brasileira, entre 1946 e 1964. Atualizado periodicamente, o site disponibilizará os resultados das pesquisas produzidas pelos historiados envolvidos no projeto; documentos históricos que se tornaram referências para o estudo da experiência liberal-democrática no Brasil entre 1946 e 1964; fontes iconográficas; links de artigos de pesquisadores de diversas Universidades; textos teóricos tratando da História Cultural, da História Política e do Ensino da História; bibliografias; filmografias; teses de doutorado e dissertações de mestrado sobre o período produzidas nos Programas de Pós-Graduação em História do país; avisos sobre congressos, seminários e cursos na área de História.

Site: http://www.brasilrepublicano.com.br/

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Videoteca do canal Futura


O site do canal Futura disponibiliza programas da TV para download.

Como usar:

O sistema é simples. Na página principal do site aparece o menu de programas, dividido por temas e com indicação de quantos episódios estão disponíveis. Uma busca mais detalhada pode ser feita através de palavras-chaves. Os vídeos vêm acompanhados de material complementar, como conteúdo pedagógico, sinopses, fichas técnicas e informações institucionais, sobre o elenco e apresentadores.

Escolhido o programa, basta executar o download seguindo os passos indicados. Participando do sistema BitTorrent, os usuários são aconselhados a manter os arquivos baixados durante algum tempo em suas máquinas, para a garantia de que haverá o compartilhamento seguro e rápido do material para outros usuários.

Uma vez armazenado no computador, não é mais necessário estar conectado à internet para assistir ao programa ou gravá-lo em DVD.

Site: http://www.futuratec.org.br/

domingo, 22 de maio de 2011

Existe humor na vida de um pós-graduando? Sim, existe!


O site Pós-graduando é divertido e informativo, lá podemos relaxar com tiradas inteligentes que definem nossa "triste" realidade de pessoas que vivem em um mundo paralelo e ao mesmo tempo construtivo, com dicas e informações sobre bolsas, pesquisas e debates. Vale a pena visitar : http://www.posgraduando.com/

sábado, 14 de maio de 2011

Museu da Pessoa


"Perto do dia 1º de maio um amigo meu veio me dizer: "Dobola, você tem que fugir, porque eu acho que antes do 1º de maio eles vêm pegar todo mundo. E como você já é considerada uma das intelectuais esquerdistas, é melhor você sair da cidade". Munca mais voltei para Iedenitz. Três anos eu andei. Trabalhei numa fábrica em Bucareste, para poder me sustentar. E depois em 33, fizeram papéis para eu sair do país. Eu não era a única. Centenas de jovens tiveram que fugir. A situação estava agonizante, já havia um sentido nazista" Doba Zonenschain

Essa é uma das muitas histórias que podemos encontrar no Museu da Pessoa, é um espaço na internet que recupera e valoriza a história de vida de cada pessoa, o museu contribui para reconhecermos o nosso papel como sujeitos transformadores e aprendermos a respeitar o próximo. E você também pode contar a sua história lá.

Site: http://www.museudapessoa.net/

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Biblioteca Virtual da Cartografia Histórica do século XVI a XVIII

"A documentação cartográfica da Biblioteca Nacional começou a ser formada em fins do século XVIII, ao ser criada em Lisboa a Real Biblioteca, mais tarde transferida para a cidade do Rio de Janeiro, no período da vinda da Corte Portuguesa para o Brasil. Seu acervo cresceu através dos tempos, mediante aquisições de importantes coleções particulares e de exemplares originais em livrarias especializadas, constituindo, hoje, um rico patrimônio de imagens do Mundo, no todo e em suas partes. Ele inclui alguns milhares de mapas, vistas e planos avulsos, manuscritos e impressos, e outros tantos anexos a documentos históricos ou inseridos em livros e opúsculos raros, além das centenas de Atlas reais e factícios, não raro truncados – material esse que se encontra disperso em várias áreas da Biblioteca Nacional: Cartografia, Manuscritos, Iconografia e Obras Raras".

Site: http://consorcio.bn.br/cartografia/cart_colonial.html

Relatórios de Província

O site Center for Research Libraries possui um projeto chamado Brazilian Government que possui documentos brasileiros que foram escaneados a partir de cópias em microfilme dos originais. Entre os documentos estão: os Relatórios de Províncias e Alamanaques Administrativos (esse último somente do Rio de Janeiro).

Para quem quiser pesquisar: http://crl.edu/brazil/provincial

sábado, 30 de abril de 2011

Casa das Áfricas


Site que promove e incentiva cultura, estudos e atividades relacionadas as sociedades africanas. Possui um enorme acervo fotográfico, vídeos, postais, filmes, mapas interativos, artigos, entre outras raridades da cultura africana. (Secretária Municipal da Educação e Cultura de Salvador)

Endereço: http://www.casadasafricas.org.br/

As mulheres e o véu no mundo islâmico



O uso do véu, do chador, da burca e de outros adereços da cultura islâmica feminina varia de acordo com as tradições de cada país.

Iraque - Até a queda de Saddam Hussein, a maioria das mulheres não usava as vestes tradicionais islâmicas. Com a ascensão da maioria xiita, muitas se cobrem temendo punições. No sul, até as cristãs têm de usar o véu.

Irã - Leis exigem que se cubra o cabelo. As mulheres usam lenços na cabeça, mas não no rosto. As mais velhas usam o chador, manto preto que cobre a cabeça e o corpo.

Turquia - O estado laico baniu o véu de prédios públicos. Mas não há um relaxamento da lei com a crescente influência de grupos islâmicos. Muitas mulheres usam o véu em grandes cidades.

Líbano - É um dos países mais liberais do mundo mulçumano. É comum ver jovens de jeans ao lado de mulheres cobertas.

Jordânia - Não há debate público sobre o tema, mas em famílias conservadoras é comum mulheres usarem o jijab, véu que cobre o rosto e deixa só os olhos a mostra.

Afeganistão - O Taleban obrigava as mulheres a se cobrir dos pés a cabeça com a burca. Com a queda do regime, em 2011, o uso da burca se tornou opcional.

Malásia - O uso do véu cobrindo a cabeça e o pescoço, chamado de tudung, aumentou nos últimos quinze anos. Hoje as mulheres são pressionadas a usá-lo.

Fonte: Oliveira, Gisele. J. - As mulheres e o véu no mundo islâmico. Folha de São Paulo, 20 de nov 2006.

Museu Virtual Memória da Propaganda


O Museu da Propaganda é um desses espaços na web onde podemos encontrar propagandas de mídias variadas como: revistas, jornais e televisão. A documentação é uma fonte interessante para quem pesquisa a História da imagem ou apenas para relembrar comerciais que marcaram uma época, vale a pena conferir.

Endereço: http://www.memoriadapropaganda.org.br/

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Biblioteca francesa Digital Gallica


A Biblioteca Digital Gallica tem um enorme acervo bibliográfico e artístico, contendo: manuscritos, documentos, livros, mapas, imagens, músicas, imprensa, revista e partituras. Livros como de Baudelaire, Flaubet, La Croix, Pinel e outros tantos, são encontrados com apenas um clique. Boa pesquisa!

Site: http://gallica.bnf.fr/?lang=PT

Veja também os arquivos temáticos da Biblioteca Gallica:

http://gallica.bnf.fr/FromHomeToDossiers?lang=PT

imagem: manuscrito de Gustave Flaubert

sábado, 16 de abril de 2011

A Hemeroteca do Instituto do Ceará

Uma parceria com o Instituto Histórico do Ceará e o Banco do Nordeste do Brasil está garantindo a digitalização de parte do acervo “Hemerográfico do IC”. Os títulos digitalizados serão disponbilizados em CD-ROM.

Relação de títulos existentes na Hemeroteca estão nesse site:

http://www.institutodoceara.org.br/aspx/hemeroteca

terça-feira, 5 de abril de 2011


Revista acadêmica Moanga - Pós-graduação de História Social da UFC - Submissão de artigos de 01/03 a 29/04
Dossiê Temático: Práticas Urbanas
Normas Editoriais e publicação no site:

http://www.historia.ufc.br/ver-noticia.php?id=118

segunda-feira, 21 de março de 2011

Vídeos importantes

Em parceria com o Arquivo Nacional, a Universidade de São Paulo (USP), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e a Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN), de Portugal, o site Zappiens.br permite que qualquer internauta tenha acesso a vídeos históricos do país, que antes só podiam ser acessados pelo Arquivo Nacional, aulas e eventos da USP, além de filmes. A dica é buscar pelo verbete (assunto, tema, ou colocar :histórico, história). Boa pesquisa!

um caminho fácil: http://zappiens.br/portal/BuscaRapida.do

Manuscritos gregos digitalizados

Para quem sabe grego.... é ótimo! Mas assim mesmo, creio que vale apena recomendar o site de pesquisa da Biblioteca Britânica, sem falar que as fontes estão em perfeito estado!Cerca de um quarto do acervo desses manuscritos será colocado na internet. Ao todo, serão 280 volumes de manuscritos gregos digitalizados pela Biblioteca Britânica. Os volumes fazem parte de uma das importantes coleções localizadas fora da Grécia. Através desses manuscritos, é possível estudar e pesquisar mais de 2 mil anos de cultura helênica, o que envolve temas como arte do Mediterrâneo Oriental durante os períodos clássicos e bizantinos.

Site: http://www.bl.uk/manuscripts/

Biblioteca Digital do Senado Federal


A biblioteca do Senado está disponibilizando em versão on line matérias e reportagens sobre os mais variados assuntos relacionados a política. Ao todo soma-se 5 mil temas e 3 milhões de recortes retirados dos principais jornais e revistas do país. Dentre as publicações, destacam-se: O Globo, O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo, Correio Braziliense, Valor Econômico, Jornal da Tarde, O Dia, Jornal do Brasil e Jornal de Brasília. O acervo digital é variado, dividindo-se entre livros, obras raras, artigos de revista, notícias de jornal, produção intelectual de senadores e servidores do Senado Federal, legislação em texto e áudio, entre outros documentos.

Site: http://www2.senado.gov.br/bdsf/

Jornais digitalizados


Os jornais são encontrados em formato digitalizado foram todos selecionados entre os títulos disponíveis no acervo da Hemeroteca do Arquivo e do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo. A seleção foi feita, inicialmente, para servir a dois propósitos: divulgar jornais da comunidade imigrante de São Paulo – disponíveis também no site temático “Imigração em São Paulo” e títulos de reconhecida importância histórica que podem também ser verificados no site temático “Memória da Imprensa”. Novos títulos serão, em breve, integrados à lista, contribuindo assim para a difusão da memória paulista e nacional.

Site: http://www.arquivoestado.sp.gov.br/jornais.php

domingo, 13 de março de 2011

Para pensar sobre o dia da Mulher - Intervenção cirúrgica


Para ex-modelo somali, Facebook é instrumento essencial no combate à circuncisão feminina


A somali Waris Dirie é muito mais conhecida por ter sofrido o violento ritual de mutilação genital feminina aos 5 anos do que por ter se submetido ao lamentável, mas indolor, papel de Bond girl na encarnação do agente secreto britânico vivida pelo ator Timothy Dalton.

Dirie, autora do best seller internacional Flor do Deserto, de 1998, tornou a violência rotineira contra mulheres da África e do Oriente Médio ainda mais conhecida quando suas memórias foram transportadas para o cinema. Flor do Deserto, o filme, com uma outra supermodel, a etíope Liya Kebede no papel de Waris Dirie, recria a dolorosa cena que Dirie quer gravar na memória coletiva para poupar outras gerações.

Descoberta em Londres aos 18 anos pelo fotógrafo Terence Donovan enquanto varria a lanchonete de fast food onde trabalhava, Dirie havia fugido de sua família de nômades aos 13 anos para escapar de um casamento forçado. Caminhou até a capital, Mogadiscio, e foi despachada num avião para Londres para trabalhar como doméstica para a família do embaixador da Somália.

Ela foi uma das mais solicitadas modelos negras da década de 90. Hoje, aos 45 anos, não desfila mais e vive em Viena, com cidadania austríaca, onde opera sua fundação Flor do Deserto. Dirie viajou o mundo como embaixadora da ONU para denunciar a mutilação genital feminina. Ela falou ao Estado por e-mail, de Viena.

Mulheres são as mais afetadas pela guerra, mas menos de 3% daqueles que assinam tratados de paz desde 1992 são mulheres. Como elas podem ser incluídas nos processos de paz?

O que você descreve é bastante lógico. Na maioria dos países, as mulheres dificilmente estão envolvidas em qualquer processo político, incluindo os de guerra. Se estivessem, muitos conflitos ao redor do mundo já estariam solucionados. Mulheres compõem metade de qualquer sociedade. O sistema político que ignora esse dado está fadado a enfrentar problemas cedo ou tarde. Em relação ao envolvimento de mulheres em processos de paz, eu acho que ele virá naturalmente, uma vez que mulheres sejam incluídas em todas das decisões políticas e sociais de um país.

Um livro recente do antropólogo Aud Talle diz que mulheres somalis morando na Noruega têm mudado sua atitude em relação à circuncisão feminina e agora se opõem à prática. Qual a importância das sociedades e governos ocidentais em pressionar as comunidades de imigrantes para pôr fim a essa prática? Qual a sua visão sobre a recente controvérsia na França em relação ao uso da burca?

O exemplo de mulheres somalis na Noruega demonstra o seguinte: se as mulheres imigrantes vivem em uma sociedade que mostra ativamente os papéis que as mulheres podem desempenhar na sociedade, elas vão adotar ao menos em parte essas atitudes no cotidiano. Acho que esse é um bom estímulo também para as mulheres ocidentais darem um bom exemplo e mostrar o que é ser uma mulher independente para mulheres vindas de um contexto cultural diferente.

Todas as meninas submetidas à mutilação genital também são forçadas a aguentar casamentos arranjados?

Nem todas, mas é muito comum. Casamentos arranjados, que são basicamente a venda da própria filha para outra família ou homem, e a mutilação genital são, na essência, sintomas diferentes da mesma doença. E essa doença é olhar para mulheres e tratá-las como se fossem objetos, não seres humanos.

Pessoas sempre dizem que mais mulheres no poder trarão mais justiça e igualdade. Contudo, num país como Bangladesh, onde há uma primeira-ministra e a líder da oposição é uma mulher, mulheres ainda são atacadas com ácido nas ruas, geralmente por recusarem casamentos arranjados ou investidas sexuais. Como explicar essas discrepâncias numa sociedade?

É como colocar uma mulher no topo de uma empresa dominada por homens e dirigida por uma cultura do "macho". Ela não vai fazer diferença, a menos que a cultura dentro da empresa mude também. O mesmo é verdadeiro para sociedades. São as sociedades que têm de mudar, não o sexo das pessoas no topo.

No livro The Honor Code, o filósofo ganense-americano Kwame Appiah disse que algumas práticas sociais, como pés enfaixados e atrofiados e a escravidão, chegaram ao fim em parte porque chega uma hora em que as pessoas que seguiam uma velha ordem são expostas ao ridículo e à vergonha. Você acredita que esse possa ser o caso da violência de cunho religioso contra mulheres?

Acho que a violência contra as mulheres nunca é baseada na religião ou na cultura, embora muitas vezes seja justificada dessa forma. A violência contra as mulheres é baseada no medo do poder e da força da mulher. Pense nisso: os homens têm dominado mulheres por tanto tempo... Você pode compará-los a um ditador, que também teme perder poder, dinheiro e influência se permitir aos presumivelmente mais fracos ter voz.

A liberdade de reprodução sofreu um revés nos Estados Unidos recentemente com iniciativas como o fim do financiamento da Planned Parenthood. Você acha que esses contratempos podem afetar a liberdade reprodutiva em países que dependam muito de ajuda internacional?

Espero que não. O controle de natalidade é extremamente importante em países em desenvolvimento, especialmente na África Subsaariana. Vários estudos têm demonstrado a forte relação entre o acesso ao controle de natalidade e a educação sexual e a saúde da mulher em geral. Além disso, o HIV continua a ser uma questão extremamente importante no mundo em desenvolvimento.

Você acredita que a rede social, na medida em que contribui para estimular mudanças políticas na África e Oriente Médio, também possa ajudar a promover uma mudança geracional que vá beneficiar as jovens?

A rede social tem um enorme potencial para promover mudanças, especialmente em regimes antigos e restritivos, nos quais as pessoas não têm possibilidade de expressar abertamente suas opiniões ou usar os meios de comunicação tradicionais para promover suas ideias. Minha fundação (www.desertflowerfoundation.org) usa com sucesso a rede social para alcançar os jovens e promover uma mudança na percepção sobre a mutilação genital, divulgar informações e, claro, para interagir uns com os outros. Leio todos os comentários postados no Facebook e é muito bom ver tantas pessoas engajadas na luta contra a mutilação genital feminina e para promover os direitos das mulheres.


Matéria do Estadão escrita por LÚCIA GUIMARÃES

terça-feira, 8 de março de 2011

Carnaval na "areia do tempo"

Os leitores do Estadão on line enviaram fotos de seus carnavais em família .... é uma viagem pelas fantasias carnavalescas, boa diversão!

Site: http://www.estadao.com.br/especiais/carnaval-na-areia-do-tempo,132739.htm

segunda-feira, 7 de março de 2011

História, samba, confete e serpentina....


Exposição virtual do Museu Imperial de Petrópolis dá motivos para os historiadores cair no samba, pois disponibilizou fotos de carnavais antigos do século XIX e XX, é uma viagem pelo mundo do entrudo, boa pesquisa!


Site: http://www.museuimperial.gov.br/portal/carnaval-2011/1164-acervo-carnaval.html

sexta-feira, 4 de março de 2011

Foi aprovada a regulamentação da profissão de historiador


A regulamentação da profissão de historiador foi aprovada, nesta quarta-feira (2), pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A proposta, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), estabelece que a profissão de historiador poderá ser exercida pelos diplomados em curso de graduação, mestrado ou doutorado em História. Entre as atribuições dos historiadores, o projeto (PLS 368/09) lista o ensino da disciplina no ensino básico e superior; o planejamento, a organização, a implantação e a direção de serviços de pesquisa histórica; o assessoramento voltado à avaliação e seleção de documentos para fins de preservação.

A proposta já havia sido aprovada em decisão terminativaDecisão terminativa é aquela tomada por uma comissão, com valor de uma decisão do Senado. Quando tramita terminativamente, o projeto não vai a Plenário: dependendo do tipo de matéria e do resultado da votação, ele é enviado diretamente à Câmara dos Deputados, encaminhado à sanção, promulgado ou arquivado. Ele somente será votado pelo Plenário do Senado se recurso com esse objetivo, assinado por pelo menos nove senadores, for apresentado à Mesa. Após a votação do parecer da comissão, o prazo para a interposição de recurso para a apreciação da matéria no Plenário do Senado é de cinco dias úteis., em março de 2010, pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Mas a aprovação de emenda de Plenário do senador Alvaro Dias (PSDB-PR) e de requerimentos dos senadores Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e do então senador Flávio Arns (PSDB-PR) fez a matéria retornar à CAS, bem como exigiu sua análise pela CCJ e pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).

Relator do projeto na CCJ, Flexa Ribeiro recomendou sua aprovação com o acolhimento da emenda de Alvaro Dias. A mudança proposta em Plenário simplificou uma das atribuições dos historiadores para a "organização de informações para publicações, exposições e eventos sobre temas de História". O texto aprovado pela CAS detalhava os locais (empresas, museus, editoras, produtoras de vídeo e CD-ROM ou emissoras de televisão) de realização dessa atividade.

- O texto original do inciso que se pretende alterar era excessivamente detalhista e enumeratório, o que depõe contra a generalidade, clareza e precisão da norma - explicou Flexa Ribeiro em seu parecer.

O relator reconheceu o "relevante" papel exercido pelos historiadores na sociedade e considerou que a inexistência de uma regulamentação pode abrir esse campo a profissionais de outras áreas sem as qualificações necessárias para desenvolver um trabalho adequado com objetos e assuntos históricos.

Iara Farias Borges e Simone Franco / Agência Senado


terça-feira, 1 de março de 2011

Biblioteca Mário de Andrade

Com um acervo de aproximadamente 3,3 milhões de itens, entre livros, periódicos, mapas e multimeios, a BMA mantém grandes coleções especiais, que incluem um dos maiores acervos de livros de arte de São Paulo, uma biblioteca depositária da ONU e uma riquíssima coleção de obras raras, considerada a segunda maior coleção pública do Brasil. P acessp ao acervo se dá através do link de busca utilizando as palavras-chaves. Boa pesquisa!


Site: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bma/

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Uma ideia na cabeça, uma câmera na mão....


E por que não, um celular?

Com o tema Transformação, o Concurso Latinoamericano e Caribenho de Vídeo Minuto Científico recebe produções audiovisuais, entre 1 e 2 minutos, até o dia 10 de março. Os interessados podem inscrever quantas obras desejar nas categorias Jovem, para participantes até 18 anos de idade, e Adulta. As inscrições estão disponíveis na página da 12ª Bienal da Red-Pop e custam 10 dólares americanos, ou o seu valor correspondente em reais. Os vídeos deverão ser inscritos em apenas uma, das três grandes áreas do conhecimento: ciências humanas e sociais, exatas e tecnológicas e biológicas. Para cada vídeo submetido, o participante deverá encaminhar um resumo de até 250 palavras, link da produção no Youtube, declaração de posse e cessão de direitos autorais e ficha técnica da obra.

Os trabalhos serão premiados em todas as categorias e em cada uma das áreas de conhecimento. Para cada obra vencedora, será oferecido prêmio no valor de 500 dólares. Além disso, os vídeos premiados têm garantida a sua exibição nos portais: Revista Fapesp Online, 17ª Mostra Ver Ciências, Museu Exploratório de Ciências, Portal do Professor do Ministério da Educação e Portal da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

A premiação acontece dia 30 de maio de 2011, durante a 12ª Reunião Bienal da Rede de Popularização da Ciência e Tecnologia da América Latina e do Caribe, realizada no Brasil, em Campinas, interior de São Paulo, no período de 29 de maio a 2 de junho.

O Minuto Científico tem como objetivo estimular, localizar e qualificar a produção espontânea, dispersa ou institucional no âmbito da divulgação e difusão científica, que pode ocorrer por iniciativas individuais ou institucionais diversas, tais como, escolas, universidades, museus de ciência e tecnologia, sites, ONGs, centros culturais, empresas de base científica e tecnológica, entre outros.

Site para inscrição:

http://www.mc.unicamp.br/redpop2011/index.php?option=com_content&view=article&id=50&Itemid=60&lang=br

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011


Revista acadêmica do departamento de pós-graduação em História da UFC abre inscrições para submissão de artigos: 01 de março a 29 de abril de 2011, normas para publicação:

http://www.historia.ufc.br/ver-noticia.php?id=118

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Encontre aqui links para bibliotecas e sites de livros digitais, Livrarias e Sebos, Editoras.

LIVROS DIGITAIS

Abe Books (New Link)
http://www.abebooks.com/

Books Infotoday
http://books.infotoday.com/
publicado por Information Today. Disponibiliza livros e textos da Ciência da Informação, Tecnologias da informação e afins. Permite conhecer os principais textos na área, visualizar parcialmente. O acesso às obras no todo é pago.

Book Lovers: Fine Books and Literature
http://www.xs4all.nl/~pwessel/

C3 Livros
http://www.c3livros.com.br/

Cia dos Livros
http://www.ciadoslivros.com.br/index.asp

Digital Books Index
http://www.digitalbookindex.org/about.htm

Ebooks.com
http://www.ebooks.com/

E-library: e-books Diretory
http://e-library.net/

E-books: net library
http://www.netlibrary.com/Gateway.aspx

Guia da Literatura Mundial
http://www.salon.com/books/literary_guide/

Libro virtual (New Link)
http://www.librovirtual.org
Uma iniciativa Espanhola para divulgar obras literárias por meio de redes sociais

Livro acessível
http://www.livroacessivel.org

Livros Digitais
http://www.fpabramo.org.br

Livro virtual
http://www.arb.org.br/livro_portais_alemanha.php

On-line Books
http://digital.library.upenn.edu/books/

On-line Books Initiative
http://onlinebooks.library.upenn.edu/lists.html

Project Gutenberg
http://promo.net/pg/

Scrib
http://www.scribd.com/
Livros on-line, i-papers. 60 million readers, Millions of documents, 35 billion words

Virtual Books: terra
http://virtualbooks.terra.com.br/freebook/freebook_portugues1.htm

360 Digital Books
http://www.360digitalbooks.com/

Obra completa de machado de assis on-line
http://portal.mec.gov.br/machado


LIVRARIAS e SEBOS

Amazon.com
http://www.amazon.com/

Estante Virtual
http://www.estantevirtual.com.br/

FNAC
http://www.fnac.com.br/index.html

Libro Virtual
http://www.librovirtual.org/
Iniciativa Espanhola que difunde obras Literárias por meio de redes Sociais

Livraria Cultura
http://www.livrariacultura.com.br

Livrarias Curitiba
http://www.livrariascuritiba.com.br/

Livraria Nobel
http://www.livrarianobel.com.br/cgi-bin/nobelBR.storefront

Livros&Livros
http://www.livroselivros.com.br/

Saraiva
http://www.livrariasaraiva.com.br/

Submarino
http://www.submarino.com.br/

Siciliano
http://www.siciliano.com.br/

Troca de Livros
http://www.trocandolivros.com.br
Site para troca de livros

Livra Livros
http://www.livralivro.com.br
Site para troca de livros


EDITORAS

Alfagrama Ediciones
http://www.alfagrama.com.ar/
Editora que publica vários livros na Área de Biblioteconomia e Arquivologia

Editora da UFSC
http://www.editora.ufsc.br/

Thesaurus
https://www.thesaurus.com.br/
Possui livros sobre Biblioteconomia e Ciência da Informação


Fonte dos links: http://grazielammedeiros.wikidot.com/livros-sites

Museu de História da Medicina (MUHM)


O Museu de História da Medicina (MUHM) é um espaço da memória, da medicina do Brasil, com toda a sua riqueza de documentos, objetos raros e depoimentos, ajuda a recuperar e narrar não apenas a atividade médica no Rio Grande do Sul, mas a história de nossa sociedade.Vai uma dica, vejam o link da medicina através dos selos, pois através deles podemos perceber a importância dada ao longo do tempo as personalidades e fatos históricos relacionados a medicina.

Site: http://www.muhm.org.br/index.php?formulario=omuhm&metodo=4&id=0&submenu=1

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

A Biblioteca Digital de Obras Raras e Especiais


A Biblioteca Digital de Obras Raras e Especiais da USP torna disponível para pesquisadores e público em geral o conteúdo integral de títulos existentes nas diversas Bibliotecas da Universidade. Inicialmente, foram selecionados 38 livros em várias áreas do conhecimento, obedecendo aos critérios de antiguidade, valor histórico e inexistência de novas impressões ou edições do título. Este núcleo foi digitalizado integralmente e está disponível para consulta ou impressão para uso não comercial. Os demais volumes, num total de 1224 títulos (1983 exemplares), 236 tiveram apenas as capas digitalizadas.

Site: http://www.obrasraras.usp.br/

História, patrimônio Cultural e divulgação das ciências e da saúde

A Casa de Oswaldo Cruz, através do Departamento de Arquivo e Documentação (DAD), desenvolve ações voltadas para a preservação do patrimônio arquivístico da Fiocruz e da área da saúde e das ciências biomédicas. Entre as suas atribuições está a reunião, constituição, organização e disponibilização por meio de serviços de atendimento ao público de um dos mais importantes acervos arquivísticos do país. Composto por 102 fundos de arquivo e coleções de documentos textuais, iconográficos, cartográficos, sonoros e videográficos abrangendo o período de 1803 a 2008, o acervo reúne documentos custodiados em caráter definitivo em função do seu valor permanente. Contém aqueles produzidos e acumulados pela Fundação Oswaldo Cruz, que incluem o patrimônio documental dos institutos que a constituíram em 1970, os quais já possuíam trajetórias expressivas, como é o caso do Instituto Oswaldo Cruz, criado em 1900, além daqueles que a compõem atualmente. Reúne também arquivos de cientistas, sanitaristas, médicos, técnicos e dirigentes que se destacaram em suas áreas de atuação e participaram da formulação e execução de políticas públicas de saúde no Brasil, além de parcelas de arquivos de instituições das áreas da saúde e das ciências biomédicas que foram doadas ao Departamento de Arquivo e Documentação da Casa de Oswaldo Cruz. Estão incluídas neste âmbito as coleções de documentos assim chamadas ou por terem seu contexto de produção desconhecido ou por terem sido reunidos a partir de uma temática específica.

Site: http://www.coc.fiocruz.br/

Museu de Astronomia e Ciências


"Ampliar o acesso da sociedade ao conhecimento científico e tecnológico por meio da pesquisa, preservação de acervos e divulgação da história da ciência e tecnologia no Brasil"

O Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) é espaço de múltiplas atividades: instituição pública federal criada em 1985, no Rio de Janeiro, trabalha com a história científica e tecnológica do Brasil, ao mesmo tempo em que promove e estuda a divulgação e a educação em ciências. Como Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência e Tecnologia, o MAST realiza estudos acadêmicos em História da Ciência, Educação em Ciência e preservação de acervos documentais e museológicos. Nestas áreas, além de produzir conhecimento, organiza congressos e seminários e elabora publicações e bases de dados.

Site: http://www.mast.br/nav_h01.htm