quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Arquivo político sobre os EUA


"A pesquisa histórica está se tornando se uma atividade cada vez mais fácil e estimulante. Pelo menos é o se pode inferir após visitar sites como o “The Avalon Project – Documents in Law, History and Diplomacy” e o “The Free Information Society”. Recentemente, esses dois sites resolveram democratizar o acesso a documentos históricos importantes e, assim, prestaram um grande serviço a milhares de historiadores em todo o mundo. São centenas de textos, imagens e até mesmo sons que ajudam a contar um pouco da história dos últimos cinco séculos, registros que estariam condenados por traças e pelo envelhecimento natural não fosse o esforço de instituições e pessoas empenhadas em conservá-los e copiá-los. O primeiro destes sites, o "The Avalom Project" pertence a Biblioteca Lillian Goldman, da Escola de Direito da Universidade de Yale. O objetivo do projeto é reunir documentos históricos digitalizados relevantes para os campos do direito, da história, da economia, da política, da diplomacia e da administração pública. No site, o internauta encontra uma linha do tempo dividida da seguinte forma: Mundo Antigo (400 ac. - 399), Medieval (400-1399), Século XV, XV, XVI, XVII, XVIII, XIX, XX e XXI.

Grande parte dos documentos refere-se a episódios da história dos Estados Unidos. No entanto, é possível encontrar coleções que cobrem diversos outros países. Há, por exemplo, a coleção "Brazilian-American Diplomacy", que reúne tratados e protocolos da diplomacia brasileira nos séculos XIX e XX. Outra preciosidade disponibilizada pelo "Project Avalon" é a "Constitution of the International Refugee Organization", documento produzido pelas Nações unidas em 1946, em Genebra, para ajudar refugiados após a Segunda Guerra Mundial".

Para acessar o projeto: http://avalon.law.yale.edu/about/purpose.asp

Para ver a lista completa de discursos históricos gravados:http://www.freeinfosociety.com/media_index.php?cat=8&type=3&start=200

Fonte: Café História

Nenhum comentário:

Postar um comentário